[Sem Spoliers] Deadpool

Antes de começar o meu texto eu preciso dizer que antes do lançamento deste filme, a sequencia, ou “seje” Deadpool 2, já recebeu a luzinha verde do estúdio. Então já adianto que o filme está legal para C#$%*@O!

deadpool_1401-04-1.jpg

O tio Ryan Reynolds há alguns anos vem tentando emplacar um filme do Deadpool de verdade, principalmente depois da cagada que fizeram com o personagem em X-men Origens: Wolverine. Depois de muita luta e um teste de lançamento, muito daora, em cgi que acabou vazando na internet e se tornando um grande hit. Confira abaixo.

Um dos maiores problemas que o filme enfrentou foi o problema de que um filme do Deadpool XAMAIS poderia ser PG 13, ou “não recomendado para menores de 13 anos”, como os outros filmes de super herois ou filmes para grandes públicos costuma ser. Basicamente o estúdio não quer arriscar diminuir a quantidade de público do filme em detrimento de um filme mais adulto. Só isso já foi uma luta para o nosso Ryan. Há até uma galera que diz que foi o próprio Reynolds quem vazou o vídeo, algo parecido com o caso de “Tropa de Elite” aqui no Brasil.

Muito bonita essa historinha de superação e tudo mais, mas vamos ao que realmente interessa, o filme! Como era de se esperar de um filme do Deadpool as cenas com piadas inundam o filme! As quebras de quarta parede são constantes e muito bem posicionadas, porém não são excessivas. Na verdade o filme é literalmente contado para você, o próprio Deadpool se encarrega de te contar o que aconteceu com ele. Esse recurso deixa o filme bem interessante e por consequência aumenta a empatia do público com o anti-herói.

Uma das características marcantes do filme é que ele é contado de forma não linear e isso é ótimo para o roteiro, abre várias brechas para piadas com o público e até com a cena que está sendo mostrada. Quem se ferrou foi o pobre Julian Clarke, editor do filme, que passou horas na frente do Adobe Premiere tentando dar o ritmo certo para as piadas e para o próprio filme, veja esta entrevista que o Julian deu para o The Verge.

Se você gosta de piruetas aéreas, sério o filme tem muitas delas, violência generalizada, personagens icônicos sendo satirizados, porrada contínua, piadas de 4 série sobre xixi, cocô e piru. Este filme é para você e se você não gosta de nada disso esse filme também é para você, mas você vai sair um pouco escandalizado do cinema.

PS: Obrigado Ryan Reynolds por brigar por filmes mais adultos de super-heróis! Precisamos de filmes mais ousados e este foi um excelente começo!

PPS: Obrigado Marvel e Fox por trabalharem juntinhas para nos trazer algo tão lindo!

PPPS: Cadê o Homem Aranha nos filmes da Marvel!?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s