Game Radioativo: Guitar Hero Live

Esse fim de semana foi aniversário de um grande amigo meu e da Aninha e como todo bom grupo de “nerdões” nós nos juntamos para jogar video-jogos e comer gordices. De repente alguém me aparece com um PS4 e uma guitarrinha, “bora jogar um Guitar Hero?”, muitos partidas de Cavalheiros do Zodíacos depois, a galera resolve acatar a sugestão de jogar o jogo da guitarrinha.

988281

Mano! Como foi divertido jogar com galera! Mesmo tendo que revezar a guitarra todo mundo conseguiu se divertir bastante, grande parte disso foi culpa do novo conceito gráfico e de gameplay do jogo. A Activision, produtora do jogo, abandonou os personagens renderizados e resolveu voltar para a onda dos FMVs, sim! OS JOGOS EM FMV ESTÃO VOLTANDO! Brincadeiras à parte, o jogo usa o conceito de que você é o guitarrista de uma banda, então nada mais certo do que colocarem uma câmera na cabeça de um guitarrista em um show e gravar o show inteiro! E como isso faz diferença na sensação de jogar! Ao contrário dos jogos em FMV do passado, a direção deste jogo está incrível! Está tudo simplesmente lindo, luzes, direção, atuação dos integrantes da banda e do palco, tudo montado para parecer que você está realmente em cima do palco tocando pra toda aquela galera.

Uma coisa que eu gostei bastante foi a resposta da galera quanto à sua performance, quando você está mandando bem todo mundo está lá gritando desesperadamente e levantando cartazes de amor à banda, mas quando você está indo mal a conversa é outra, a banda fica te dando esporro, o público fica puro e as placas são de súplicas e ao mesmo algumas pequenas “ofensas”. Os shows são bem diferenciados, cada um em algum lugar e em cada sessão a playlist segue o estilo do show. As músicas estão diferenciadas, o que na minha opinião foi uma mudança muito bem vinda à série, foi ótimo poder tocar “of Monsters and Men” com toda a galera cantando junto!

Estava na dificuldade básica, mas eu juro que na minha cabeça eu estava tocando exatamente assim! ⇡

O sistema de botões está bem diferente, agora são apenas três linhas de onde virão as notas, porém cada linha tem dois botões um em cima e um em baixo. Essa mudança aumenta a experiência de tocar as musicas ficando algo mais parecido com os “power chords” que ao tão usados em músicas com guitarras. Só não dá para esquecer que ainda assim é um jogo, ou seja não é uma de guitarra, mesmo que te ajude a desenvolver alguma habilidade com os dedos.

O jogo também tem o modo GHTV, que eu não cheguei a jogar, em que você escolhe um “canal” e neste canal vai estar passando clipes de músicas aleatórios de acordo com o estilo musical daquele canal. Basicamente é como se você escolhesse um canal musical na sua TV e fosse tocando a sua guitarra junto com os clipes que estão passando. Meus amigos elogiaram bastante esse modo, que segundo eles aumenta em muito o tempo de vida do jogo.

Essa foi a minha impressão de uma noite de  Guitar Hero Live com meus amigos, eu sei que quando se está com os amigos até campeonato de tapa na cara é divertido, mas tudo o que eu sei é que já estou procurando uma promoção deste jogo para eu comprar para treinar com a Aninha. E digo mais, esse é um jogo ideal para VR!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s