iZombie

Eu sou extremamente resistente à histórias de dramas adolescentes e às vezes a Aninha consegue romper a barreira do meu preconceito e me apresenta alguma coisa que normalmente eu não assistiria. E iZombie foi uma dessas coisas. Obrigado Netflix por permitir que tantas séries estejam ao nosso alcance!

izombie-1

Roteiro

A premissa da história é que depois de um acidente algumas pessoas se tornaram zumbis, mas não o tipo clássico de zumbi, uma pessoa infectada nesta série consegue manter seu nível de racionalidade se conseguir comer cérebros regularmente. Tudo o que muda é o seu cabelo e pele, que se tornam super brancos e é claro sua dieta alimentar.

E durante toda a série nós seguimos Olivia Moore, uma médica que está para se casar com o cara perfeito e de repente BANG! Em uma festa que ela nem queria ir rolou um surto de zumbis e agora ela é uma pessoa completamente diferente. Então basicamente é uma série sobre como a vida da Liv mudou e como ela agora tem que lidar com o fato de ser um zumbi.

la-et-st-izombie-recap-eternal-sunshine-of-the-001

Basicamente é uma série que se foca em ser meio policial e meio comédia, os personagens tem uma boa dinâmica, os plots do roteiro se amarram de um jeito interessante que aos poucos vai envolvendo vários núcleos e personagens ao mesmo tempo.

Visual

Em questões de direção e arte não tem muito a ser dito, as jogadas de câmera seguem o padrão de seriados. Eu achei as cores utilizadas comuns, são bem posicionadas mas não chamam atenção. O figurino e produção dos personagens é bem bacana, a transformação da personagem principal acontece nos primeiros minutos da serie, a única coisa que me incomodou foi que do meio para frente a Liv começou a ficar muito corada e com aparência mais saudável do que eu julgo que um zumbi deveria.

Durante os episódios há capítulos e a primeira cena de cada capítulo é sempre tratada de uma forma que pareça uma história em quadrinhos, achei que era um detalhe interessante para colocar em pauta aqui.

zmb201a-0219b-152078

Trilha Sonora

A trilha de abertura vai ficar na sua cabeça por alguns dias, as trilhas usadas nos episódios também são boas, mas diferente da abertura você não vai se lembrar delas.

A sonoplastia também é boa, efeitos sonoros bem colocadas, áudio bem equalizado e sem muitos sons de dentes chocando contra ossos para chocar a audiência.

Conclusão

O seriado inteiro beira o mediano para bom, quase nunca ultrapassando esse limite, mas é uma ótima série para assistir sem compromisso, vai te entreter e até te fazer rir. Recomendo que você dê uma chance para ela.

Ah! Quase esqueci de mencionar que a série é baseada em um quadrinho da Vertigo com o mesmo nome, ou seja a minha lista de HQs para ler acabou de aumentar vertiginosamente!

E aqui em baixo vocês podem ver o trailer da primeira temporada da série e ele te dá todos os spoilers que eu não quis dar durante o meu texto, boa sorte. 😉

Bom, por hoje é só meus queridos, um beijo de césio nos seus cérebros suculentos e pensantes! Tchau!

Anúncios

3 comentários sobre “iZombie

  1. O marido (que curte uma história de zumbis) estava procurando alguma novidade e bateu no IZombie. Conseguimos a sinopse com a minha irmã que nos advertiu que não é uma história convencional de zumbis. Vamos dar uma chance a ela (assim que terminar de assistir Attack on Titan).

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s