Orange

Eu adoro obras que lidam com aspectos psicológicos e na minha opinião alguns animes acertam em cheio nesse aspecto. Um excelente exemplo disto é Orange, um anime colegial que basicamente trata sobre arrependimentos e traumas.

orange-anime-poster-oficial

Roteiro

À primeira vista este parece ser apenas mais um anime de grupo de colegiais, mas logo no primeiro episódio já é mostrado que a história abordará mais do que apenas o drama do dia a dia adolescente. No primeiro dia de aula Naho Takamyia, a protagonista, recebe uma carta de 10 anos no futuro dela mesma dizendo que a versão dela do futuro carrega alguns arrependimentos que gostaria de evitar.

E nesta carta havia uma lista de coisas que aconteceriam nos dias seguidos, na verdade a lista detalhava muito bem o que aconteceria em cada dia e o que a Naho deveria evitar naquele dia e quase todas as coisas se referiam à um amigo que ela ainda nem havia conhecido e que por algum motivo eles passariam pouco tempo juntos.

E é nesse ponto que a história dá uma guinada muito interessante abordando o que aconteceu com esse menino e com o próprio grupo de amigos dela, o que levanta uma dúvida moral muito séria na Naho: “Como eu sei o que vai acontecer daqui para frente, será que todas as coisas ruins que acontecerem a partir de agora são culpa minha?”. Mesmo com uma carta te dizendo o que fazer não é nem um pouco fácil mudar o seu jeito de ser e lidar com as coisas, o que aumenta ainda mais a frustação e a culpa pelo o que pode dar errado. O quanto ela conseguirá mudar a sua personalidade de menina retraída e sem iniciativa para uma menina mais proativa?

No geral os personagens são extremamente cativantes, a todo momento é mostrado que cada pessoa do grupo de amigos tem uma personalidade bem definida e seus próprios temores e traumas. Sem contar que as situações são sempre bem envolventes, e olha que sou o tipo de pessoa que odeia draminha adolescente!

Visual

b50b5dd2471ce61e9bf57012d708f7121470859514_full

A direção artística neste anime me agradou bastante, há uma grande utilização de laranjas e cores quentes, vide o nome do próprio anime, o que na minha opinião combina muito bem com a história e o rumo que os personagens estão tomando.

Os personagens são bem trabalhos graficamente, mas nada que chame muita atenção. Eu diria que fica entre o estilo artístico dos shojos colegiais clássicos e os animes desta nova leva de animes super bem trabalhados e tal.

Preciso chamar atenção para a maestria que a equipe de arte conseguiu mostrar graficamente as características psicológicas de cada personagem, há um personagem que tem uma tristeza interior que é marcada no personagem. É incrível como só de olhar para o personagem você nota que há algo de errado com ele, quando essa tristeza vai sumindo o essa tristeza aparente vai sumindo. É incrível!

Conclusão

Se você gosta de histórias cativantes e que te façam refletir o quanto esse tempo que passamos neste planetinha azul é importante este anime é obrigatório. Mas caso você esteja morto por dentro e não tenha mais um coração fazendo TUN-TUN-TUN você também deveria assistir Orange e ver se você desenvolve essa paradinha que nós gostamos de chamar de empatia.

Por hoje é só, um beijo melado de suco no seu coração e tchau!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s